VACINAR E DESPARASITAR… É IMPORTANTE?

O segredo das boas condições de saúde do seu gato pode residir nestes dois factores, pelo que se recomenda vivamente que se preocupe em manter em dia o boletim de vacinas e as desparasitações.index

Porque é tão importante desparasitar o gato?

Os parasitas internos podem causar sérios problemas de saúde (mais graves nos gatinhos bebés) e inclusive podem provar a morte.

Como posso fazê-lo e com que regularidade?

Quando adoptar um gato, pergunte sempre quando é que foi desparasitado e com o quê. Assim poderá dar sequência ao processo, ou, no caso dele não ter sido ainda desparasitado, iniciar esse procedimento.

Os bebés podem ser desparasitados muito cedo (3/4 semanas), mas em doses e com produtos apropriados. Pergunte ao veterinário como proceder.

O desparasitante existe em pasta e em comprimidos, e em diferentes marcas no mercado. Como os parasitas se vão tornando mais resistentes, é natural que ao longo da vida do gato vá mudando de produto, porque estão sempre a surgir produtos mais eficazes.

Nos gatos bebés, a segunda dose pode ser tomada passado um mês (ou até antes, se o veterinário considerar necessário) e nos gatos adultos recomenda-se que seja feito 2 ou 3 vezes por ano.

Tome em atenção que a utilização de desparasitantes que não sejam próprios para gatos ou em doses erradas, pode provocar danos de saúde irrecuperáveis. Siga o conselho de um veterinário.

O que são parasitas externos? Como eliminá-los?

Pulgas e carraças, por exemplo, são parasitas externos. Um gato de casa não apanha tão facilmente este tipo de parasitas, mas não está imune. Nós próprios levamos com facilidade este tipo de parasitas para dentro de casa.

Existem vários produtos no mercado, que utilização periódica ou regular, que pode utilizar. Nos gatinhos bebés, que apanham pulgas com muita facilidade, geralmente o processo utilizado é embeber um algodão num pouco do produto e passar pelo corpo do gatinho. Mas convém que esta operação seja efectuada pelo seu médico, quando levar o gatinho à consulta.

Porque é tão importante manter os gatos vacinados?

As doenças mais frequentes e mais graves podem ser impedidas pela vacinação. (ver saúde)
Os gatos podem ser vacinados contra a Panleucopénia e viroses respiratórias (grande causa de  morte), e contra o Felv.

Há veterinários que utilizam 2 vacinas, outros que optam pela vacina completa, sendo que em qualquer dos casos o tipo de protecção é o mesmo.

E o que é realmente importante é que o gato seja vacinado e que ao longo da vida tenha o cuidado de manter o boletim de vacinas em dia. Se o gato tiver acesso à rua, então a importância da vacinação aumenta ainda mais. Ele vai estar exposto a perigos acrescidos.

E acredite que tratar um gato, sobretudo dar-lhe medicação oral, pode revelar-se tarefa bem difícil.
Nada melhor do que apostar na prevenção.

Tenho um gatinho bebé. Quando devo vaciná-lo?

As primeiras vacinas devem ser tomadas aos 2 meses, estando os gatinhos saudáveis. Não deve vacinar um gato doente, porque não terá efeito. O reforço é feito passado 1 mês e depois a vacina será anual.

Fonte

uniaozoofila.org

Anúncios