BRINQUEDOS PARA O GATO

tunel-para-gatos

Brinquedos para gatos podem ser um importante aliado dos donos para a garantia do bem estar felino, uma vez que eles promovem distração e diversos estímulos mentais. Antes de tudo, eles fazem com que o tempo que antes era dedicado a caça na selva, agora seja gasto dentro das casas de seus donos com brincadeiras que promovem os mesmos instintos.

Em seu habitat natural, leões, tigres e outros felinos selvagens treinam desde pequenos a perseguir e caçar suas presas com sua mãe e irmãos. Contudo, pesquisas apontam que embora sejam animais domésticos, os gatos continuam com os mesmos instintos de seus primos selvagens.

Como esses instintos ainda estão presentes nos gatos domésticos e em nossas casas, geralmente há a ausência de um ambiente que os estimule. É importante que se faça o uso de brinquedos para gatos com o fim de que eles tenham os estímulos mentais necessários, desenvolvam seu corpo e aprimorem as habilidades de caça e proteção do animal.

Justamente por terem uma personalidade extremamente curiosa, a falta de estímulos mentais e de distração pode ter impactos negativos para a socialização e para o bem estar dos gatos. Quando os gatos não são oferecidos meios adequados para tal, é possível que aumente a incidência de agressividade ou de comportamentos indesejados, como arranhar móveis.  Além disso, é comum que gatos entediados e que não tenham nada de novo para explorar e conhecer tenham uma tendência maior à obesidade, depressão e ansiedade.

Por isso, é de suma importância que os felinos sejam desafiados ao novo diariamente.  Além de brincadeiras diárias com o dono, atividades como observar a rua, perseguir algum objeto e até mesmo o catnip podem ser grandes aliados para evitar maus comportamentos e a agressividade felina.

Qual brinquedo é bom para o gato?

Pam Johnson-Bennet, autora de diversos livros sobre comportamento e bem estar em gatos, explica que os gatos mostram preferência por brinquedos, baseado em fatores como a textura do objeto, a associação que o felino tem com ele e seu nível de interatividade.  Sendo assim, os donos precisam oferecer brinquedos para gatos que combinem com a personalidade do felino e, ao mesmo tempo, estimulem os seus instintos.

A visão dos gatos apresenta certa limitação em termos de sua capacidade de enxergar cores. Particularmente eles enxergam cores em tons de roxo, azul, verde e amarelo.  Assim, para os felinos, mais do que as cores, o que importa é a estampa do brinquedo.  Além disso, a visão do gato é equivalente a 10% da visão do humano, com relação aos objetos parados.  Por esse motivo, gatos tendem a preferir contrastes fortes entre estampas com bolinhas, listras e brilhos, que realçem o brinquedo.  Similarmente, o corpo e visão do gato foram selecionados ao longo do tempo para caçar principalmente objetos em movimento, o que faz com que os felinos prefiram brinquedos que se mexam.

Além do sentido de visão, os gatos selvagens usam o olfato e a audição para caçar as suas presas. De modo geral, o gato consegue cheirar 14 vezes mais do que os humanos e escutar sons ultrassônicos.  Com isso, se a presa fizer qualquer barulho ou movimento, o gato escuta e corre atrás.

Por esses motivos, os brinquedos que promovem diversos sentidos do gato simulam mais corretamente uma caça.  Ao utilizar seus diversos sentidos, o gato se cansa e aguça as suas habilidades naturais.

Brinquedos para gatos com petiscos

Os brinquedos para gatos com petiscos são bem completos, pois permitem que o gato use o olfato, a visão e o tato para conquistar recompensas, no caso o petisco.  Principalmente em casos em que o gato brinca sozinho, brinquedos desse tipo representam horas de diversão, além de estimular o gato mentalmente.

Dica: Esconda petiscos dentro do brinquedo do gato e coloque-o cada hora em um lugar da casa. Isso é um forma bacana de ocupar o felino e o incentivar a utilizar seus instintos.  Comece com lugares fáceis e expostos e, conforme o gato ficar mais confiante, aumente o desafio.

Os brinquedos de gatos com petiscos, e os petiscos em si, também podem ser utilizados para promover a interação entre dono e gato.  Sessões de treinamento usando pesticos oferecem uma oportunidade para os gatos se divertirem com os seus donos.

Dica: Utilize brinquedos e petiscos como recompensas no treinamento com o seu gato.  Treine todos os dias, por pouco tempo, sem estressar ou dar bronca no gato.  A brincadeira deve ter somente associações positivas, acabar bem e quando você quiser, nunca o gato.

Brinquedos que mexem fazem o gato se exercitar

Brinquedos de gatos que mexem aprimoram não só os instintos de caça, como a observação e a paciência, mas também fazem com que o felino, através da perseguição e da captura, se exercite.

Por terem uma visão que trabalha bem com objetos em movimentos, os gatos se divertem mais com brinquedos que se movimentem. Isso por que eles instintivamente caçam objetos em movimento.  Por esse motivo, alguns brinquedos  para gatos só se tornam interessante no momento em que eles são movimentados.  Quando não são estimulados com esses tipos de brinquedos, os gatos podem direcionar esses mesmos instintos, caçando os pés de seus donos ou outras coisas que se mexem.

Donos que brincam com seus gatos fortalecem o relacionamento com seus felinos

As interações diárias entre gatos e os seus donos, que ocorrem também por meio de brincadeiras, são essenciais para conquistar a confiança, transmitir segurança e incentivar a vontade do gato de ficar perto das pessoas. Quem realmente já se dedicou a ser dono de um gato sabe que eles amam profundamente os seus donos e, ao longo do tempo, estabelecem um tipo de comunicação reservada especialmente a eles.

Assim, a socialização entre os gatos e seus donos se dá inclusive por meio de brinquedos. Por meio das brincadeiras com os seus gatos, os donos conseguem estabelecer limites e, assim, ensinar aos seus gatos que morder, arranhar e “caçar” humanos são atitudes não permitidas. Ao mesmo tempo, além de se aproximar de seus tutores, a socialização permite que o gato revele a sua personalidade e muitas vezes, no fim das contas, acabe até copiando hábitos de seus donos.

Ao longo do tempo, é natural que os gatos busquem cada vez mais esse contato com os seus donos e com outras pessoas.  Em vários casos, eles até deixam de se exercitar durante o dia e reservam as suas energias para brincar quando o dono chega em casa.

Gatos de apartamento precisam mais de brinquedos

De forma geral, gatos que moram em apartamentos se engajam em menos atividades mentais do que gatos que moram em uma casa.  Isso acontece porque os apartamentos normalmente não oferecem os estímulos naturais que promovem os instintos de um gato, como borboletas e insetos voando pela casa.  Porém, é possível criar um ambiente cheio de brincadeiras que engajem o gato, quando o dono está dentro e fora de casa.

Gatos que cansam de brinquedos

Gatos são curiosos e facilmente cansam de um brinquedo que eles já exploraram.  Por esse motivo, é importante intercalar, mensalmente ou a cada dois meses, diferentes levas de brinquedos. Isso não significa que necessariamente os donos precisam toda hora comprar um mundaréu de brinquedos novos, mas sim dar alguns brinquedos por vez para os gatos e ir revezando. Esse rodízio de  brinquedos faz com que o gato sempre brinque com algo diferente e tenda a ficar menos entendiado.

Ao brincar com um brinquedo de cada vez, o dono mantem o gato interessado e consegue reservar os outros brinquedos do gato para brincadeiras futuras.  De modo geral, é uma maneira econômica de sempre dar “novos” brinquedos ao gato.

Um dos motivos mais comuns que gatos recusam alguns brinquedos

O som é muito importante para chamar a atenção do gato para brinquedos.  Em várias situações o gato não brinca com o brinquedo se ele já associou o som que o brinquedo faz com algo diferente.  Isso é o caso principalmente de brinquedos que fazem o mesmo som que o sino que fica na coleira do gato.  Se ele ou algum dos outros gatos na casa utiliza sino na coleira, é bem possível que o gato não queira brincar com brinquedos que produzem o mesmo som.

fonte

linkanimal